Japão paga subestação eléctrica de 110/33kV em Moçambique

Japão paga subestação eléctrica de 110/33kV em Moçambique

01/09/2016 fonte “MacauHub”

O grupo japonês Mitsubishi Corporation vai construir uma subestação de 110/33kV, 40MVA no norte de Moçambique, ao abrigo de um contrato assinado com a estatal Electricidade de Moçambique (EdM), um projecto avaliado em 14,5 milhões de Dólares.

O contrato de empreitada inclui a construção de uma subestação eléctrica de 110/33kV, 40MVA, com três quilómetros de linha de 110kV e três torres de 110kV no Namialo, província de Nampula, para interligar com a linha existente e a renovação do sistema de telecomando nas subestações de 220/110kV e 110/33kV na cidade de Nampula. Espera-se que a obra esteja terminada em Fevereiro de 2018.

A EdM informou que o contrato foi assinado em Nairobi, capital do Quénia, no âmbito da VI Conferência Internacional sobre o Desenvolvimento de África (TICAD VI). O concurso para a escolha do empreiteiro foi lançado em Abril de 2016 e encerrou em Junho de 2016, tendo três empresas japonesas submetido as respectivas propostas técnicas e financeiras para a empreitada. O concurso culminou com a selecção da Mitsubishi Corporation.

O projecto de reforço da rede de transporte de energia eléctrica do Corredor de Nacala é financiado pelo governo do Japão sob a forma de donativo, ao abrigo de um acordo assinado entre a Agência Internacional de Cooperação Japonesa (JICA) e o governo de Moçambique com uma dotação financeira de 19,5 milhões de Dólares, pode ler-se no comunicado divulgado por EdM.